Blog - 14 maio 2018

Pitch. É melhor você elaborar o seu!

Se você tivesse um minuto para falar sobre você e vender a sua marca pessoal a um recrutador, ou, até mesmo, para impressionar seu chefe, o que você faria? A dica que te dou é: estruture o seu pitch e coloque-o debaixo da manga para quando precisar.

Pitch é uma apresentação curta e direta com o objetivo de vender uma ideia para um possível investidor ou cliente. É um modelo sumarizado de discurso muito utilizado por startups. O pitch varia de acordo com o tempo que a audiência tem para te ouvir. E, como sabemos, o tempo tem sido cada vez mais curto e mais caro para todo mundo.

No “Elevator Pitch”, uma referência à conversa de elevador, a ideia é que em um minuto você consiga falar sobre a sua ideia, abordando apenas o “filé do filé” para fisgar a atenção de quem está ouvindo. Para isso, é muito importante saber as palavras-chaves que vão chamar a atenção da sua audiência.

Mas há também os pitchs mais longos. Neste caso, o grande desafio é manter a atenção do ouvinte e a ferramenta ideal para isso é o storytelling, tecendo dados relevantes de mercado e conceituando a sua grande ideia.

Mas se você tem ou não uma startup o que você tem a ver com isso? Bem, há uma tendência natural para que o pitch seja cada mais valorizado nas relações empresariais. Falta tempo. Por isso, saber aproveitar as oportunidades para saber vender muito bem você mesmo ou a sua ideia é muito importante.

Mão na massa: faça o seu pitch

Como já disse, o conteúdo de um pitch será determinado pelo tempo que você tem, mas em todos os casos comece definindo o público-alvo e o problema a resolver. Depois, você pode dizer qual a solução para o problema e os benefícios que o público-alvo terá com a sua ideia. Por fim, elenque os diferenciais de sua solução.

Vamos imaginar a seguinte situação:

Com a falta de tempo de alguns pais (público-alvo), as crianças não consomem todos os nutrientes necessários para crescerem saudavelmente (problema). A solução é criar um aplicativo para celular com receitas fáceis, rápidas, saudáveis e perfeitas para o dia a dia (solução). Este aplicativo tem parceria com redes de supermercados para entregar em casa os produtos de uma determinada receita (diferencial). Tudo higienizado, cortado e pronto para o preparo (diferencial).

Para discursos maiores, você pode aprofundar os itens anteriores e incluir dados relevantes de mercado, como taxa de obesidade das crianças, propensão de uso do aplicativo, estudo de parcerias etc.

Agora é com você, pense em sua carreira, pense em uma grande ideia, pense em uma entrevista de emprego. Como você contaria a sua história?

Referências e leituras para aprofundar sobre o tema:

Sabrina Sandoval

Profissional pós-graduada em Comunicação com o Mercado pela ESPM. Bacharel em Jornalismo pela Universidade Anhembi-Morumbi. Experiência em planejamento estratégico e gerenciamento de comunicação integrada, conteúdo e projetos.

Mais informações

Você pode gostar também
Quando vale a pena terceirizar serviços para uma software house?

Gerenciar um setor de TI tem se tornado um desafio para as empresas. Isso porque a evolução contínua e...

Como um diagnóstico empresarial descobre as soluções tecnológicas ideais?

Ao gerir uma empresa, é preciso analisar seu desempenho nos mais variados setores, como o nível de produtividade, a satisfação...

Qual é o impacto do fluxo de compras nas vendas do e-commerce?

Entender e otimizar o fluxo de compras é importantíssimo para o sucesso de uma loja virtual. Esse processo não...