Blog - 16 julho 2018

Afinal, o que é SEO? Entenda quanto vale o seu investimento!

Você sabe o que é SEO? Essas três letrinhas representam um mecanismo poderoso que pode impulsionar significativamente a audiência do seu site e, logo, do seu negócio. Se você atua com conteúdo na internet, precisa conhecer as particularidades do SEO e como ter o Google e demais sites de buscas trabalhando a seu favor.

Otimizar o seu conteúdo é o caminho para fazer com que ele apareça em posições privilegiadas no Google. Se você trabalha com uma estratégia de Inbound Marketing, por exemplo, as suas publicações necessitam de visibilidade além daquela conquistada com automação de marketing.

Neste artigo, você vai aprender tudo o que há de importante relacionado ao que é SEO e suas várias particularidades que precisam ser consideradas ao implementar sua estratégia. Trata-se de um assunto com diversas ramificações, então é necessário ter cautela e um bom volume de conhecimento para ter bons resultados. Vamos começar?

O que é SEO?

A sigla SEO significa “search engine optimization”, ou “otimização para mecanismos de buscas”. São uma série de métodos que são utilizados para garantir que as páginas do seu site sejam indexadas adequadamente pelo algoritmo dos sites de pesquisas como o Google. Isso faz com que ganhem boas posições no ranking de resultados e apareçam para mais público.

Os sites de buscas têm o potencial de serem os principais direcionadores de tráfego para os mais variados tipos de negócios. A sua empresa tem muito a ganhar ao aparecer próxima do topo entre as sugestões do Google, podendo aproveitar um gigantesco impulso de visibilidade.

Para isso, é necessário saber como o algoritmo funciona e implementar a metodologia correta para que ele consiga decodificar o seu conteúdo e dar a devida importância a ele nas páginas de resultados. A única forma de fazer isso é por meio de uma estratégia focada em SEO.

Metodologia: como fazer SEO?

Não é o suficiente saber o que é SEO. Você também precisa conhecer as técnicas usadas para otimizar o seu conteúdo e proporcionar posições mais vantajosas para o seu site entre os resultados do Google. O seu sucesso depende de uma boa implementação dessa iniciativa dentro dos processos digitais da sua empresa. Também vale lembrar que erros podem prejudicar seriamente as suas chances de chegar ao topo.

Conheça a seguir os principais conceitos envolvidos em uma metodologia de SEO:

Palavra-chave

Pesquisas no Google são feitas, na maioria dos casos, a partir de palavras. Você pode procurar por termos, fazer perguntas, buscar definições, entre outros. Portanto, quem deseja otimizar conteúdo para SEO precisa ter em mente quais palavras-chaves seriam associadas com ele. Afinal, todo o propósito da estratégia envolve aparecer como sugestão de resultado para quem procura por assuntos relacionados.

Meta tags

Recursos inclusos no código-fonte do seu site, as meta tags são aproveitadas pelo algoritmo dos sites de pesquisas para obter informações básicas sobre as suas páginas. Algumas das meta tags são as de título e descrição, que configuram os textos que aparecem entre os resultados do Google. Ao se preocupar em preencher adequadamente essas tags, você terá pleno controle da visualização do seu site no Google.

Backlinks

São links que trazem acessos ao seu site ou blog. Podem estar inseridos no seu próprio conteúdo ou em uma página externa. Seja como for, é um recurso essencial para construir autoridade perante o algoritmo do Google. Quanto mais links você recebe, melhores posições pode alcançar entre os resultados do buscador. Para isso, basta elaborar uma estratégia robusta com o intuito de aumentar seus backlinks.

URL

Trata-se do endereço do seu site e das suas páginas. São elementos essenciais para a indexação do seu conteúdo pelos sites de buscas, então precisam estar devidamente otimizados. Isso significa evitar o uso de códigos e símbolos, contando com URLs claras que deixam nítido qual é o conteúdo que está sendo acessado.

Ranqueamento

O termo se refere ao ranking do Google e à posição que um site ocupa entre os resultados de pesquisa. Preocupar-se com ranqueamento significa monitorar em qual posto está o seu conteúdo em buscas por palavras-chave específicas que fazem parte da sua estratégia. Acompanhar a evolução desse indicador é o caminho para comprovar a eficácia da sua metodologia de SEO.

Algoritmo

O algoritmo do Google é o script usado por ele para buscar conteúdo na internet. Ele não é perfeito, portanto, precisa de uma “ajuda” para detectar o assunto e a relevância de determinadas páginas, que é o caso de SEO. Ao otimizar o seu site, você está facilitando o trabalho do algoritmo, que consegue enxergar com mais clareza a importância do seu conteúdo e o posiciona adequadamente entre os resultados de pesquisa.

Por onde começar uma estratégia?

Agora que você já sabe o que é SEO e a sua importância, o próximo momento é o de colocar em prática um plano para melhorar a sua otimização e alcançar posições melhores nos buscadores. No entanto, antes disso, é necessário se preocupar com alguns passos preliminares que facilitam a estruturação da sua estratégia.

Veja a seguir tudo o que você precisa fazer para começar a sua estratégia de SEO:

Detecte as suas deficiências

Por meio de uma análise de SEO (veja mais sobre isso na próxima seção), você deve saber quais áreas da otimização do seu site necessitam de atenção mais imediata. Pode ser que um problema esteja prejudicando o seu ranqueamento há algum tempo e fique progressivamente mais difícil reverter esse quadro.

Atualize-se sobre as mudanças do algoritmo

Todos os dias podem ser lançadas atualizações do algoritmo do Google. O funcionamento dele tem influência direta na sua estratégia de otimização. Acompanhe o noticiário de tecnologia, especialmente aquele relacionado a técnicas de SEO, para ficar por dentro das últimas mudanças caso ocorram. Ignorar esse movimento pode ser bastante prejudicial aos seus resultados.

Esteja em contato com sua equipe técnica

Um bom número das otimizações necessárias de SEO requer a habilidade de mexer no código-fonte do seu site e configurar suas particularidades técnicas. Se você não costuma lidar com esses recursos, é necessário ter acesso a quem faça isso.

Como fazer uma análise de SEO?

Além de saber como garantir uma boa otimização para as suas páginas, você também precisa conhecer os métodos para analisar o SEO do seu site e dos concorrentes. Dessa forma, será possível detectar possíveis problemas que necessitem de solução e novas oportunidades para aprimorar ainda mais a sua estratégia de SEO.

Se o seu objetivo é conquistar cada vez mais autoridade em seu segmento, a otimização do seu site precisa estar sempre em dia. Nunca se sabe quando surgirão concorrentes focados em tomar o seu posto nos resultados do Google, então é necessário se preparar para tudo.

Fazer uma boa pesquisa de mercado e saber como os outros players estão otimizando o conteúdo de seus sites é essencial para atuar de forma estratégia no ambiente digital. Felizmente, existem algumas formas de fazer uma análise de SEO que considera não só a sua própria atuação como também a dos outros.

Confira a seguir os principais passos que você precisa seguir para realizar uma análise de SEO:

Identifique seus concorrentes

Para que a sua análise de SEO traga dados estratégicos, é necessário escolher muito bem quais concorrentes serão incluídos nela. Leve em consideração aquelas empresas que possuem conteúdo semelhante ao seu, já que isso pode indicar que estejam ranqueando para palavras-chave equivalentes às suas.

Também é importante considerar concorrentes que ainda não produzem conteúdo, mas disputam a mesma audiência que você. Ficar de olho na atuação deles é essencial para não se surpreender caso decidam iniciar um novo trabalho nessa área.

Concentre-se nas palavras-chave certas

Um dos principais parâmetros a serem considerados em uma análise de SEO são as palavras-chave ranqueadas por você e seus concorrentes. Defina quais termos serão monitorados e comece a comparar de que forma a sua empresa e as demais se posicionam em buscas relacionadas.

Essa etapa da análise de SEO pode dar origem a uma série de oportunidades vantajosas para você. Por exemplo, você pode perceber que os seus concorrentes não estão ranqueando com algum termo estratégico que você pode aproveitar. Outra possibilidade envolve notar que a sua atuação precisa melhorar em relação a determinada palavra-chave.

Use ferramentas inteligentes

Uma boa análise de SEO requer o uso de ferramentas que auxiliem em partes ou em todo o processo. É impensável tentar realizar tudo isso manualmente, até porque certos dados são impossíveis de serem captados dessa forma. Você precisa de uma ferramenta para ajudar nisso.

Uma sugestão é o SEMRush. Ele é capaz de gerar relatórios completos do status de otimização do seu site e até de concorrentes. Por meio do seu algoritmo, consegue estimar o tráfego gerado por cada palavra-chave e apontar oportunidades que podem ser exploradas pelo seu conteúdo.

Ferramentas de SEO: quais eu devo precisar?

O uso dos recursos adequados é essencial para você obter bons resultados. Felizmente, existem diversas ferramentas de SEO que ajudam em muito a alcançar o nível de otimização que você está buscando. Basta saber quais utilizar para cada tipo de demanda.

Veja a seguir algumas sugestões de ferramentas de SEO que você precisa usar em sua estratégia:

Keyword Tool

A pesquisa por palavras-chave estratégicas é algo essencial para uma estratégia de SEO, então você precisa de uma boa ferramenta que faça esse trabalho. O Keyword Tool é simples e rápido, oferecendo informações em diversos idiomas e locais, além de sugerir combinações que podem ser vantajosas para você.

SEMRush

Capaz de gerar relatórios completos sobre a otimização do seu site (e também de concorrentes), o SEMRush é uma ferramenta essencial para qualquer empresa preocupada com SEO. Por meio dele, você pode detectar oportunidades de melhoria, encontrar problemas que precisam de solução e acompanhar a evolução dos seus resultados ao longo do tempo.

Yoast SEO

Trata-se de um plug-in para WordPress cujo objetivo é ajudar você a criar conteúdo altamente otimizado para o seu site. Ele traz uma checklist inteligente com diversas técnicas de SEO que precisam ser respeitadas e detecta automaticamente se você as está cumprindo corretamente. É uma adesão obrigatória para sites e blogs.

Ahrefs

Você provavelmente já sabe da importância que links têm no ranqueamento de um site. Para garantir que a sua estratégia está no caminho certo, você precisa de uma ferramenta como o Ahrefs. Ele é capaz de detectar a força dos backlinks de seus concorrentes e apontar possíveis melhorias que você pode fazer em seu próprio site. Também ajuda a registrar o seu progresso ao longo do tempo de forma semelhante ao SEMRush.

Ações básicas e melhores práticas de SEO

Boa parte de saber o que é SEO envolve conhecer as técnicas que precisam ser implementadas para garantir uma melhor otimização para o seu site. São métodos comprovados que ajudam o algoritmo do Google a compreender o assunto e a relevância do seu conteúdo para que possa sugeri-lo como resultado em buscas relacionadas.

Confira a seguir tudo o que você precisa fazer para otimizar seu conteúdo e melhorar seu ranqueamento no Google:

Faça pesquisas de palavras-chave

Você já sabe o quanto a escolha da palavra-chave é decisiva para o sucesso da sua estratégia de SEO. Portanto, é necessário dedicar parte do seu planejamento a encontrar aquelas que oferecem melhores oportunidades para o seu conteúdo emplacar boas posições entre os resultados do Google.

Considere o volume de buscas e a concorrência ao escolher a palavra-chave. Use um recurso como o Keyword Tool para experimentar combinações de termos até chegar naqueles que são mais vantajosos para os seus objetivos.

Otimize seu código-fonte

Esse tópico tem mais a ver com a programação como um todo do seu site do que tags específicas. O Google consegue detectar quando uma página é “pesada” demais, com carregamento lento e experiência de usuário ruim. Para evitar perder espaço no buscador por causa disso, certifique-se de que o seu código-fonte esteja otimizado.

Isso envolve se livrar de scripts desnecessários e de tags ineficientes que podem ser substituídas por outras mais otimizadas. Crie o hábito de fazer análises da velocidade de carregamento do seu site para se certificar de que ele sempre ofereça uma boa experiência ao público.

Tenha um site responsivo

O objetivo principal do Google é oferecer resultados de qualidade aos seus usuários. Ter um site que não funciona bem em dispositivos móveis atualmente significa um problema para a maioria do público, portanto, o buscador passou a penalizar esses casos.

Ou seja, você tem muito a ganhar em questão de ranqueamento se contar com um site responsivo. Além de conquistar mais espaço no Google, também deixará de alienar mais da metade da sua audiência.

Configure suas meta tags

As meta tags determinam o título e a descrição que aparecem na página de resultados do Google. Ao configurá-las, você terá total controle sobre esses trechos do seu site que um potencial visitante verá no buscador. Se você ignorar esse aspecto da otimização, o algoritmo pegará o trecho inicial do seu texto, o que nem sempre é ideal.

Lembre-se de usar a sua palavra-chave tanto no título quanto na descrição. Isso aumenta o seu potencial de sucesso porque associa o seu conteúdo ao termo que o usuário pode ter usado em sua pesquisa.

Conquiste links externos

Se o seu conteúdo não recebe links de outros sites, o Google pode entender que ele não é tão relevante. Apesar de ser possível otimizar suas páginas de outras formas, você pode ganhar um impulso considerável de visibilidade ao conquistar links externos.

Isso pode parecer fácil de aconselhar, mas difícil de conseguir. Para ganhar links de outros sites, é necessário implementar estratégias focadas nisso. Por exemplo, você pode oferecer guest posts em outros blogs com links para o seu site. 

Quais são os principais fatores de ranqueamento?

Somente o próprio Google tem acesso aos critérios do seu algoritmo. Afinal, trata-se de um segredo competitivo bastante valioso. No entanto, com o tempo, foi possível perceber que determinados quesitos têm grande importância na hora de determinar a posição de um site no ranking de resultados de pesquisas. Ao se basear neles, a sua estratégia tem tudo para dar certo.

Confira a seguir os principais fatores de ranqueamento do Google para preparar a sua estratégia:

URL

Livre-se de códigos e símbolos enigmáticos em suas URLs. Sites com endereços claros transmitem mais confiança ao público e o Google dá prioridade a eles. Evite algo como www.seusite.com.br/?p=755 e prefira www.seusite.com.br/contato, por exemplo. Viu só como fica bem mais claro qual é o conteúdo no segundo caso?

Conteúdo

É aqui que entram as várias técnicas de SEO voltadas para a otimização de palavra-chave e tags. Envolve a preocupação de escolher um termo relevante para o estágio do funil de vendas da persona e utilizá-lo de forma orgânica no seu conteúdo para que ele apareça como resultado em pesquisas relacionadas.

Velocidade

Se um site é lento para carregar e navegar, ele provavelmente será penalizado pelo Google. O intuito do buscador é sempre oferecer a melhor experiência ao público, então, as suas páginas precisam ter um código otimizado para garantir essa possibilidade.

Compartilhamentos

A popularização das redes sociais causou mudanças na forma como o algoritmo do Google considera certos conteúdos como relevantes. Se as suas páginas costumam ser compartilhadas no Facebook, Twitter, entre outros, aumentam as suas chances de aparecer em boas posições no buscador.

Otimização para mobile

Mais da metade do público da internet a acessa por meio de um dispositivo móvel, como smartphones e tablets. O Google tem consciência disso e já começou a penalizar os sites que não funcionam bem em aparelhos mobile. Afinal, o intuito dele é sempre oferecer a melhor experiência possível ao público por meio de seus resultados.

Links

Se o seu site recebe links externos de páginas de autoridade, é como se ele emprestasse essa reputação para ele. O Google faz seu ranqueamento primariamente a partir do volume de links que você conquista. Além disso, não se esqueça da importância de fazer links internos para outras páginas do seu site. Isso pode não ter a mesma força que os externos, mas facilitará a navegação e poderá ajudar a indexar mais conteúdo.

Quais erros de SEO não posso cometer?

A melhor maneira de garantir acertos em sua abordagem é conhecer os principais erros que precisam ser evitados. Saber o que é SEO é um assunto complexo que pode receber interpretações incorretas capazes de prejudicar todo o esforço que você teve ao construir seu site e conteúdo. Não deixe que esses problemas ocorram, já que entrar na lista negra do Google é como uma sentença de morte digital.

Veja a seguir os principais erros de SEO que você deve evitar em seu site:

Achar que SEO só precisa ser feito uma vez

Seguir as dicas desse artigo é algo essencial para garantir um bom posicionamento para o seu conteúdo no Google. No entanto, isso não significa que esse esforço somente precisa ser feito uma vez.

SEO deve ser uma preocupação constante ao lidar com seu site, já que todos os dias podem surgir novas tendências e técnicas que devem ser implementadas. Senão, você arrisca perder posições por contar com uma estratégia defasada.

Tentar burlar o sistema

O algoritmo do Google é atualizado constantemente, sempre buscando corrigir possíveis falhas. A tentação de ganhar um crescimento instantâneo pode ser grande, mas você deve resistir.

Ao apostar em táticas pouco corretas, você estará arriscando ter seu site severamente penalizado pelo Google. Ao entrar na lista negra dele, fica quase impossível sair. Prefira otimizar seu conteúdo da maneira correta para proteger a reputação da sua empresa.

Apostar em palavras-chave pouco estratégicas

Se a palavra-chave escolhida para otimizar em seu conteúdo não é tão estratégica, ficará bem difícil contar com bons resultados. Se você vende calçados masculinos, por exemplo, pode não ser aconselhável tentar otimizar para esse termo.

Na maioria dos casos, pode ser bastante vantajoso ranquear para palavras-chave do tipo cauda longa, ou long tail. É o caso, por exemplo, de “calçados esportivos masculinos em Pinheiros”. São termos mais específicos que restringem a audiência, mas também garantem uma qualificação de leads maior do público e diminuem a concorrência.

Vamos começar?

Saber o que é SEO é algo essencial para atuar de forma competitiva no contexto da transformação digital. Além disso, é importante conhecer as técnicas que conseguem colocar o seu conteúdo em posição privilegiada na página de resultados do Google. É possível aproveitar um impulso considerável de visibilidade com essa vitrine.

Lembre-se de manter a sua estratégia de SEO em plena evolução. Todos os dias podem surgir mudanças que transformam parte da sua abordagem, então é necessário acompanhar a evolução dessa área e sempre enxergar possíveis adaptações.

Quer uma ótima forma de ficar por dentro de tudo? Basta cadastrar o seu e-mail para receber as nossas novidades!

Get Source

Somos uma Agência Digital + Software House, fundada em 2011, localizada em São Paulo capital. Já entregamos projetos para clientes nacionais e internacionais nos segmentos de real estate, varejo, telecomunicações, comércio eletrônico e serviços.

Mais informações

Você pode gostar também
Como ter inteligência competitiva em negócios ligados à inovação?

A inteligência competitiva é uma ferramenta essencial em qualquer empresa que deseje inovar. Afinal, implantá-la pode fazer com que...

Envio de e-mails marketing: por que o Inbound não funciona sem isso?

Você acredita que o e-mail morreu? Está enganado: ele é um dos canais de marketing mais eficazes da atualidade....

5 métricas de marketing que todos os negócios devem acompanhar

Curtidas e compartilhamentos não contribuem para as vendas da empresa. Para que a estratégia tenha sucesso, é essencial acompanhar...